Bombeiros
Edital a qualquer momento!

Dois editais do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais serão publicados nas próximas semanas, e abrirão um total de 560 vagas, das quais 530 destinam-se ao Curso de Formação de Soldados (CFSd),  para os quadros de combatentes e especialistas , e outras 30 para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). Para concorrer, os candidatos deverão ter nível médio de escolaridade.

A abertura do novo concurso para o cargo de soldado do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais foi autorizada pelo governador do Estado, Fernando Pimentel, em 02 de julho, Dia Nacional do Bombeiro, durante a cerimônia de entrega da Comenda Bombeiro Honorário.

Em discurso, Pimentel afirmou: “Nós vamos aumentar imediatamente, claro que dentro do prazo do concurso e da formação da tropa, em torno de 8,5% a 9% do efetivo atual. Não é o suficiente ainda, nós queremos mais do que isso, mas é importante darmos o primeiro passo, e nós estamos dando agora.”

O governador também afirmou que as cidades do interior devem receber comandos operacionais, como ocorreu em Diamantina, Leopoldina e Ipatinga. “Nesses primeiros meses, foram instalados três comandos operacionais no interior, que são unidades de comando mais próximas das regiões. Há um esforço grande da corporação para tentar tornar mais próximo o Corpo de Bombeiros em todas as regiões do Estado. Também estamos renovando e modernizando os equipamentos”, afirmou.

Para concorrer, os candidatos deverão ser brasileiros nato ou naturalizado; ter idoneidade moral; estar em dia com as obrigações eleitorais e militares; ter no mínimo 18 anos e no máximo 30 anos de idade na data de inclusão (início do curso); altura mínima de 1,60; ter aptidão física; ser considerado indicado em avaliação psicológica; ter sanidade física e mental; não ser contra indicado em exame toxicológico; e não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de bombeiro militar. A remuneração dos soldados de 1ª classe é de R$4.098,42 mensais. Com relação ao edital ele esclarece que: “Ainda não há definição com relação as etapas. Porém, em princípio serão três fases. A primeira fase de prova objetiva de nível do ensino médio, e e redação; a segunda fase, exames médicos, odontológicos e psicológicos; e a terceira fase, de teste físico”, ressaltou.

 

Fonte: Jornal Estado de Minas e Folha Dirigida